• Irineu Braghetti Filho

O PRIMERO PASSO DE UM LÍDER, LIDERE A SI MESMO!


Antes de mais nada, o desenvolvimento da liderança é um autodesenvolvimento. Ser um líder não é como outro profissional; o jogador de futebol tem a bola; o músico tem o instrumento; o médico cirurgião tem o bisturi e os instrumentos de monitoração; o desenvolvedor de sistemas, o computador. E o líder? O líder tem só a si mesmo. O seu instrumento de liderança é o eu, e o domínio da arte da liderança é o domínio do próprio eu. Pensar que autodesenvolvimento é encher-se de novas informações ou tentar novas técnicas, não é mesmo! Autodesenvolvimento é dar partida ao que já existe em sua alma. É liberar o líder que está dentro de você. É liberar a si mesmo.

Buscar liderança inicia-se por uma busca interna para descobrir quem somos. Através do autodesenvolvimento que se conquista a confiança essencial para liderar. Autoconfiança é a consciência e a fé que temos nos próprios poder

es e esses poderes somente se tornam claros e fortes quando trabalhamos para identificá-los e desenvolvê-los.

Entender a liderar é encontrar quais são as coisas que valorizamos e com as quais nos importamos. Ao começar essa busca na direção à liderança, entraremos em luta contra alguns questionamentos maçantes:

· O quanto tenho convicção sobre minha visão, crenças e valores?

· Com base nos meus talentos, o que faço para melhorá-los a fim de contribuir para a minha organização?

· Qual a fonte da minha coragem em prosseguir, em face das adversidades e incertezas?

· Tenho ciência dos meus pontos fortes e fracos?

· Sou firme o necessário para lidar com desapontamentos, enganos e reveses?

· Tenho consciência e compreensão do que está ocorrendo na organização que trabalho e no segmento que ela opera?

· Como é o meu relacionamento com meus liderados? É forte e consistente?

· Como faço para me manter motivado e encorajado?

· Será que tenho equilíbrio e energia o suficiente para não desistir?

· Sou a pessoa certa para liderar neste momento? Por que tenho dúvida?

· Estou preparado para suportar os problemas complexos que minha organização enfrenta neste momento?

· Tenho noção de como as pessoas devem conduzir os problemas de nossa organização?

· Consigo enxergar para onde a organização deve caminhar nos próximos anos?

Sinceridade é a base as respostas a essas questões, e por ora outras que surgirem, nos dirão a manter-nos abertos a uma visão mais global. O líder, por estar a frente, geralmente é o primeiro a encarar o mundo fora dos limites da organização. Quanto mais soubermos sobre o mundo, mas facilmente e com segurança, aprenderemos sobre as forças políticas, sociais, morais e econômicas que afetam nossa organização.

Sinceridade às respostas, nos dirão onde temos de melhorar nossa percepção sobre os outros e construir seus talentos a fim de encaminhar a energia das pessoas para propósitos mais elevados. Ser líder é, ser competente em nosso relacionamento interpessoal, e ser capaz de causar a confiança e obter o respeito dos outros.

Sinceridade às respostas, nos dirão que a libertação é, por vezes, tão incômoda quanto uma intromissão, mas no final, quando descobrimos por nós mesmos, saberemos que o que está dentro de nós é o que era para estar ali mesmo. Não foi algo colocado por outra pessoa; são os nossos próprios dons.

#PontosFortes #Habilidades #Relacionamento #Organização #Desafios #Experiências #Sucesso #relaçõesinterpessoais #Empresa #Liderança #Líder #desenvolvimentopessoal #ambientedetrabalho #PontosFracos #valores

1 visualização

Siga-nos nas Redes Sociais

  • YouTube IFL Channel

© 2020 por Insights For Leaders

algumas imagens atribuídas à freepik.com - Designed by Freepik