• Irineu Braghetti Filho

IMATURIDADE NA NOVA FORÇA DE TRABALHO


A geração de jovens líderes, que está entrando agora no mercado de trabalho, tem muito a oferecer: novas competências técnicas, ideias, perspectivas e energias. Mas, no entanto, a falta de determinadas habilidades interpessoais, chamadas “soft skills”, que são o conjunto de características pessoais e comportamentos de um indivíduo nas interações com os outros, tem limitado seu desenvolvimento e enlouquecido as lideranças mais experientes.

O que tenho ouvido com frequência de gestores, e por sinal, aumentado ano após ano, são queixas e insistentes reclamações relacionadas as habilidades interpessoais dos funcionários recém contratados e também em começo de carreira, quanto à:

“Falta de profissionalismo”;

“Em assumir responsabilidade e em prestar contas do que fazem”;

“Falta de postura no trabalho”;

“Não possuem hábitos profissionais adequados”;

“Não sabem lidar com outras pessoas”;

“Não sabem pensar, aprender e a se comunicar sem consultar algum dispositivo eletrônico”;

“Não têm pensamento crítico”:

“Não sabem resolver problemas, tomar decisões e planejar”;

“Problemas em se submeter à autoridade”;

“Não sabem avaliar o contexto para se adequar a ele”;

“Não se sacrificam pelo bem maior” e;

“Onde foram parar a cidadania, a prestatividade e o trabalho em equipe?”

A lacuna é imensa entras as expectativas dos empregadores e a realidade de como os novos talentos do mercado se apresentam no local de trabalho. Muitas vezes esses novos “astros” possuem as mais recentes e melhores competências e métodos eficazes, no entanto, cada vez mais faltam a eles os velhos fundamentos e as habilidades interpessoais, não técnicas.

Boa parte de líderes e gestores comentam que é complicado resolver esse problema e que não tem que ser a função deles, pois deveriam ter aprendido esses fundamentos com os pais, na escola, na faculdade ou na pós-graduação.

Costumo dizer a meus clientes que, se você está contratando jovens, o dever de formá-los para a falta de habilidades interpessoais é problema seu sim. Mas você pode preencher essa lacuna; isso lhe proporcionará uma enorme vantagem estratégica na hora de contratar novos talentos mais promissores, ambientá-los rapidamente, melhorar o próprio desempenho, aprimorar os relacionamentos e diminuir as taxas de rotatividade.

Pense nisso!


1 visualização

Siga-nos nas Redes Sociais

  • YouTube IFL Channel

© 2020 por Insights For Leaders

algumas imagens atribuídas à freepik.com - Designed by Freepik